O trabalho na imagem da marca

Uma imagem vale mais que mil palavras.

Essa frase tão antiga, mas tão verdadeira, se faz ainda mais relevante na atualidade, onde temos a venda pela internet e a comunicação feita de forma massiva através de mídias sociais.


A imagem de uma marca é formada por inúmeros aspectos que somados, formam a percepção dela, a tal "imagem que ela passa."


Mas aqui, queremos ser mais específicas. Queremos falar da imagem literal, ou seja, das fotos. As fotos de uma marca são, em muitos casos, o primeiro (e por vezes único) ponto de contato com o consumano (no dicionário da Loupe: consumidor humano). Por isso é tão importante dar muita atenção ao assunto.


Aqui vamos listar o que entendemos como sendo o básico e de extrema importância para que a marca consiga, através das imagens (fotos) transmitir a sua proposta:


1- Entenda quem é a marca: claro que se você não sabe qual a proposta e essência da marca, terá que parar por aqui e resolver isso antes, do contrário, estará realizando às cegas. Esse é o ponto fundamental para se obter fotos que transmitirão o que a marca de fato é.


2- Alinhe a estratégia com o time: todos envolvidos devem entender a proposta da marca.


3- Faça um briefing de verdade: nada de preguiça. Detalhar o que se espera da sessão de fotos, fazer mood boards de inspiração, guia para styling, guia para beauty, enfim, quanto mais detalhado, mais assertivo o resultado.


4- Planeje: quais itens serão fotografados e como cada um deve ser fotografado. Pré-defina o look completo de cada item antes da sessão. Se tiver mais modelos, quais itens cada modelo deve usar e assim, deve-se prever e organizar os tamanhos das amostras de acordo com as modelos.


5-Locação: se possível visite a locação antes para confirmar se ela atenderá as necessidades bem como, mapear os cenários possíveis. Lembre-se que a locação também deve ser pensada de acordo com a marca e se houver tema da coleção, ele também deve ser levado em consideração.


6-Styling: ele pode salvar ou matar a sessão de fotos. É de extrema importância que o profissional entenda a proposta da marca. Não é sobre o que ele gosta ou não, o que é trend ou não, e sim, sobre o que é adequado para a marca.


7- Modelos: as pessoas que estarão nas fotos, emprestarão a sua imagem para a marca, por isso é de suma importância avaliar se ela tem conexão com a marca ou não.


8- Acting: como os modelos devem se comportar frente às lentes? Isso tudo a estratégia de marca deve dizer.


Tenha sempre em mente: o mercado da moda é sobre causar desejo, admiração. Afinal, guardadas as exceções, ninguém precisa de uma peça de roupa nova, mas nós as desejamos mesmo assim. E grande parte do desejo é transmitido através de imagens!


Leve sempre isso em consideração quando for realizar as fotos para a sua marca!


E se precisar de ajuda, a Loupe, além do trabalho de estratégia de marca, realiza jobs one shot, que incluiu a colaboração com marcas na hora de realizar o briefing de uma nova campanha.






4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo